.arquivo

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

Quarta-feira, 30 de Julho de 2008
Transparências

Hoje devo estar transparente.

Muito sossegado numa qualquer "fila única" dum posto dos CTT. 3 prestáveis funcionárias iam atendendo o público pela ordem de entrada no estabelecimento. Quando chega a minha vez aparece um cidadão pela minha esquerda baixa e vai de mostrar os papeis à funcionária e chegar-se ao balcão.

Eu - Desculpe, senhor. Tem que ir para a fila como toda a gente
Ele - Ah! sim? Nem tinha reparado.

(Nem "desculpe" nem nada... uma cara de espantado... e atrás de mim estavam mais 3 senhoras, transparentes como eu pelos vistos)

Fui sendo atendido quando o cidadão se me dirige:

Ele - Sabe? Isto vai tudo dar ao mesmo... acabamos todos por ser atendidos.
Eu - Sim... tudo vai dar ao mesmo desde que as pessoas não passem umas à frente das outras
Ele - eu nem tinha visto que era fila única
Eu - pois devia ter visto

E continuei a tratar do meu assunto

Ele - Espero que o senhor, quando chegar à minha idade, também consiga ver tudo como agora.

Saltou-me a tampa!!

Eu - E o senhor devia ter assumido o engano, pedir desculpas, coisa que nem fez, e retirar-se para o seu canto sem mais conversas em vez de estar agora armado em vítima como se a culpa disto fosse toda minha e destas senhoras porque chegámos antes de si!

Virei costas, tratei do que tinha a tratar e fui andando.

Ele, o perfeito chico-esperto, lá continuou a resmungar não sei o quê nem me interessa...

Nem meia hora depois noutra fila única duma instituição bancária. Apenas eu na fila esperando que a pessoa à minha frente fosse atendida. Quando chega a minha vez aparece uma senhora pela minha direita alta e vai de se dirigir ao balcão.

Eu (em alto e bom som) - hoje devo estar transparente
Ela - Desculpe? Está na fila?
Eu - Não, minha senhora, estou aqui a ver passar os cacilheiros. Hoje até está bom tempo.
Ela - (percebeu o sarcasmo) Desculpe! Não reparei em si.

Há dias em que fico a pensar com os meus botões se esta mania nossa do "chico-espertismo" não é uma das razões porque este país não se desenvolve ao mesmo ritmo dos outros. A quantidade de gente que conheço com a mania que todo o mundo gira à volta delas é impressionante.

Possivelmente há chicos-espertos por todo o mundo mas a nossa percentagem comparada com a de outros países deve ser colossal!

Hoje sinto-me transparente...

publicado por dragaobranco às 15:48
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De * * Grilinha * * a 30 de Julho de 2008 às 20:02


Oh dragão viraste Homem invisivel?
De dragaobranco a 31 de Julho de 2008 às 00:05
parece que sim

Comentar post

.pesquisar
 
.contacto
dragaob(at)gmail.com
.citação do dia
.posts recentes

. Ouvintes invisuais

. Saudades

. Privatizar os lucros e Na...

. Nosfell

. Hoje é um dia triste

. Lisboa Mágica

. waaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...

. Pior que dizer mal do Sr....

. Saltar para o infinito!

. E se...

.ligações
.tracker
eXTReMe Tracker